Transportes públicos com apoios suplementares

03 fevereiro 2021
1min.

Na segunda Audição Regimental na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, na Assembleia da República, o ministro do Ambiente e da Acção Climática, João Pedro Matos Fernandes falou sobre os investimentos a fazer.

---

Trata-se dos investimentos que estão a ser feitos graças ao uso de verbas inscritas no Programa de Estabilização Económica e Social (PEES). A maioria dos 21 milhões de euros de investimentos destinados à Mobilidade realiza-se este ano, com a adjudicação de postos eléctricos de carregamento rápido, Hubs de carregamento Ultra Rápido, bem como a adjudicação dos lotes para as obras de expansão do Metro de Lisboa e do Porto.

Dada a quebra acentuada da procura com manutenção da oferta, os apoios ao transporte colectivo do Fundo Ambiental, em 2020, foram os mais elevados de sempre, tendo mais do que duplicado as verbas do ano anterior. Com um reforço de 94 milhões de euros decidido a meio do ano, os programas (PART, PROTransp) ascenderam a 247,6 milhões de euros. De igual modo, o ministro garante que está alocada uma verba suplementar, até 190 milhões de euros, para, em função dos desequilíbrios provocados pela pandemia, apoiar as empresas, em 2021, e assim assegurar a continuidade das operações de transportes colectivos.


Autor:
Tags

Recomendamos Também

Revista
Assinaturas
Faça uma assinatura da revista EUROTRANSPORTE. Não perca nenhuma edição, e receba-a comodamente na usa casa ou no seu emprego.