Transdev ganha concurso público na CIM do Cávado

12 fevereiro 2021
2min.

O Consórcio liderado pela Transdev já notificou a Autoridade da Concorrência (AdC) da vitória no concurso internacional lançado pela Comunidade Intermunicipal do Cávado e fica a aguardar a respectiva decisão para poder investir os propostos 5 milhões de euros no reforço de rotas.

---

 

A proposta da Transdev foi feita no sentido de beneficiar passageiros e autoridade organizadora com um serviço de qualidade que responda às expectativas das populações dos concelhos de Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, para os próximos 5 anos.

Em causa estão 140 empregos directos, nomeadamente os postos de motorista. Indirectamente este investimento vai permitir criar também alguns empregos indirectos para o marketing, direcção de exploração e equipas operacional e técnica.

A nova oferta deverá estar no terreno em 2021, embora a data exacta só venha a ser conhecida mais tarde, quando estiver concluído todo o processo administrativo respeitante a este concurso, de que faz parte a obrigação legal de informar e ouvir a AdC.

A adjudicação da concessão do serviço público regular correspondente ao lote 2 (rede este) da concessão na região da CIM do Cávado foi notificada à AdC por duas sociedades, a António dos Prazeres da Silva & Filho (APS), que integra o Grupo AVIC do sector do transporte rodoviário pesado de passageiros, e pela Rodoviária de Entre Douro e Minho, do grupo Transdev do sector do transporte rodoviário pesado de passageiros e de carga.

Esta concessão, correspondente à rede este, segundo o aviso, inclui a rede regional entre Braga, Vila Verde e CIM do Alto Minho, a rede intermunicipal entre Braga, Amares, Terras de Bouro e Vila Verde, a rede municipal de Amares, a rede municipal de Terras de Bouro e a rede municipal de Vila Verde.

Numa outra notificação, enviada também na terça-feira, a AdC é chamada a pronunciar-se sobre a adjudicação da rede oeste (lote 1) da concessão CIM do Cávado à Minho Bus e a Auto Viação do Minho.

Em comunicado divulgado em dezembro, os dois consórcios liderados pela Transdev anunciaram terem ganho um concurso internacional para operar os transportes públicos de passageiros na área da CIM do Cávado nos próximos cinco anos, abrangendo os concelhos de Amares, Braga, Barcelos, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, cujos concelhos estão, em termos de transportes públicos, divididos naqueles dois lotes.

“A oferta de rotas vai ser reforçada para responder melhor à procura e disponibilizar os serviços que a população realmente necessita”, anunciou na altura a transportadora.


Tags

Recomendamos Também

Revista
Assinaturas
Faça uma assinatura da revista EUROTRANSPORTE. Não perca nenhuma edição, e receba-a comodamente na usa casa ou no seu emprego.