Indra implementa sistemas de controlo em aeroportos

30 julho 2020
2min.

O sistema mede a temperatura corporal com precisão e rapidez e detecta pessoas com sintomas de febre, uma capacidade essencial para aumentar a segurança dos passageiros sem causar atrasos nas deslocações.

---

A gestora dos aeroportos espanhóis Aena entregou à Indra, uma das principais empresas mundiais de tecnologia e consultoria, a implementação do sistema de controlo de temperatura de passageiros, através da instalação de câmaras termográficas em 13 dos seus aeroportos mais movimentados em termos de tráfego aéreo e passageiros. A Aena está a trabalhar em estreita colaboração com a Autoridade Espanhola de Saúde Exterior nas operações de vigilância e controlo, fornecendo os meios tecnológicos necessários para a instalação e uso de câmaras termográficas.

O contrato foi adjudicado à Indra num processo de concurso público. As câmaras da Indra foram instaladas nos aeroportos: Adolfo Suárez Madri-Barajas, Josep Tarradellas Barcelona-El Prat, Palma de Maiorca, Málaga-Costa del Sol, Alicante-Elche, Ibiza, Gran Canária, Tenerife Sur, Valência, César Manrique- Lanzarote, Sevilha, Fuerteventura e Menorca.

O sistema inclui câmaras fixas na zona de chegadas e câmaras móveis de backup, que permitirão realizar verificações aleatórias em qualquer lugar do terminal.

A tecnologia usada pela Indra distingue-se pela sua elevada precisão e sensibilidade. Os sensores termográficos das câmaras possuem um ponto de referência (black body) com uma temperatura fixa que garante a precisão.

Além disso, esta é uma solução inteligente que detecta de forma autónoma o passageiro sem exigir que este se imobilize ou fique a uma distância específica. É capaz de reconhecer o rosto da pessoa e identificar as áreas cobertas pela máscara, boné ou outros adereços, seleccionando o local ideal para uma medição precisa da temperatura, sem qualquer intervenção humana.

A solução oferece mais segurança aos passageiros sem causar atrasos nas suas deslocações enquanto reduz ajuntamentos nos pontos de controlo e minimiza os riscos para os funcionários do aeroporto.

A capacidade desta solução para detectar pessoas com febre num aeroporto ou em qualquer outro meio de transporte é essencial para evitar contágios.

Esta tecnologia de controlo de temperatura, identificação e alerta de sintomas de doença faz parte da linha de soluções Mova Protect da Indra e está integrada num conjunto de sistemas para a gestão e controlo da mobilidade de pessoas e passageiros em diferentes meios de transporte.


Tags

Recomendamos Também

Revista
Assinaturas
Faça uma assinatura da revista EUROTRANSPORTE. Não perca nenhuma edição, e receba-a comodamente na usa casa ou no seu emprego.