Mercedes-Benz apresenta eVito e eSprinter

3 julho 2018
4min.

O Mercedes-Benz eVito vai estar disponível já a partir do Salão IAA, em Setembro, enquanto que o eSprinter só chegará em 2019.

Mercedes-Benz eSprinter
Mercedes-Benz eSprinter
Mercedes-Benz eVito e eSprinter
Mercedes-Benz eVito

Mercedes-Benz eSprinter

Eficientes, económicos, flexíveis e fiáveis em qualquer ocasião. Numa frota em operação diária, os parâmetros de avaliação dos veículos eléctricos são os mesmos de qualquer veículo convencional. Com o eVito, que chega ao mercado logo após o Salão IAA2018, a Mercedes-Benz Vans prova que os modelos eléctricos são competitivos e, caso a caso, podem até bater-se face aos clássicos motores de combustão interna. Por isso, a estratégia de introdução da perspectiva eDrive@VANs, que avalia várias opções de cadeia cinemática consoante a utilização pretendida. A médio prazo, a gama vai também contar com a opção de fuel cell, seguindo as pisadas da tecnologia conceptual já mostrada no Sprinter F-Cell.

Para ir ao encontro da maioria das necessidades de transporte e possibilitar a entrada em zonas de zero-emissões, o eSprinter virá na sequência do eVito, prevendo-se que chegue ao mercado no próximo ano. O nível de interesse nesta nova forma de mobilidade é já mensurável, graças à aplicação eVAN Ready, que permite aos utilizadores perceberem online se haveria lugar para modelos eléctricos nas suas frotas.

Autonomia para 150km, recarregável em 6 horas

Mercedes-Benz eVito

O novo eVito está em casa no que diz respeito a entregas urbanas. Contudo, tem uma autonomia e capacidade de carga que podem também corresponder às necessidades de comerciais e serviços técnicos. Uma bateria instalada com a capacidade de 41 kWh permite alcançar uma autonomia de cerca de 150km. Mesmo em condições menos favoráveis, o cliente consegue sempre pelo menos 100km. A bateria é totalmente recarregável em 6 horas.

A velocidade máxima pode ser adaptada a cada uso específico. Por exemplo, se o objectivo for a condução em ambientes citadinos, um máximo de 80km/h permite conservar energia e aumentar a autonomia, enquanto que, em alternativa, pode ser configurada para uma velocidade máxima de 120km/h.

Esta van de dimensão média pode ser encomendada em dois comprimentos: a versão base com 5140mm e carga máxima de 1073kg (a par do Vito convencional) e a versão extra-longa, que chega aos 5370mm, com carga máxima de 1048kg. O peso bruto máximo do veículo é de 3200kg.

A posição das baterias também assegura boa flexibilidade, com o espaço de carga a variar entre 6m3 e 6,6m3.

eSprinter traz todas as qualidades de fundador de segmento

Mercedes-Benz eSprinter

O eSprinter segue as pisadas do eVito já no próximo ano. O veículo que abriu caminho no segmento de furgões de grandes dimensões é o companheiro perfeito, quer seja para funcionar como «oficina com rodas» ou como um espaçoso veículo de entregas. O novo eSprinter será inicialmente disponibilizado como furgão de mercadorias, com um peso bruto máximo de 3500kg. À semelhança da Sprinter com motor de combustão interna, o volume máximo de carga é de 10,5m3.

Com uma bateria instalada com uma capacidade de 55kWh, a autonomia ronda os 150km, com uma carga máxima de 900kg. A segunda opção de baterias permite aos clientes definir outras prioridades de utilização: Três baterias com uma capacidade de 41kWh oferecem uma autonomia de cerca de 115km. Em contrapartida, a carga máxima aumenta cerca de 140kg, até aproximadamente 1040kg.

Soluções específicas

A Mercedes-Benz Vans oferece ainda todo um conjunto de soluções feitas à medida de cada cliente, não só para encontrar o veículo certo para a utilização que fará dele, como também para a integração de uma infraestrutura inteligente de carregamento.

Estas soluções são ainda complementados pelos serviços digitais Mercedes PRO Connect, para alcançar a gestão de frota mais eficiente possível.


Autor:
Tags

Recomendamos Também

Revista
Assinaturas
Faça uma assinatura da revista EUROTRANSPORTE. Não perca nenhuma edição, e receba-a comodamente na usa casa ou no seu emprego.